Motociclistas pernambucanos ganham homenagem na Alepe

 

Motociclistas profissionais, militares, esportistas, entre outros foram lembrados, nesta segunda-feira (5), em Reunião Solene na Assembleia. Proposta pelo deputado Bispo Ossesio Silva , a homenagem marca as comemorações do Dia Nacional do Motociclista, celebrado, desde 1998, em 27 de julho.

Ao abrir o encontro, o deputado Sílvio Costa Filho destacou o papel social dos motociclistas e pediu que eles apresentem uma agenda de demandas. “Essa homenagem, creio que a primeira que esse Poder Legislativo presta a todos vocês, conduz a um momento de reflexão para todos nós. Se tem um grupo aqui apaixonado pelo que faz, misto de hobby, profissão e lazer, é esse”, afirmou.

Dentre os 2,7 milhões de veículos contabilizados atualmente pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), há mais de 1 milhão de motocicletas e motonetas, o que representa quase 37% da frota estadual. Em 147 dos 185 municípios pernambucanos, elas já são maioria, substituindo a tração animal no interior e garantindo a mobilidade, com serviços de mototáxi, por exemplo.

Segundo Ossesio,  o primeiro motoclube do mundo surgiu no Rio de Janeiro. Em Pernambuco, são quase 500 motoclubes e, para fazer parte de um deles, é preciso seguir normas internas, ter disciplina, dedicação e respeito entre os membros. “Fizemos questão do registro nesta Casa para que a sociedade pernambucana saiba do valor dessas pessoas, muitas vezes ainda vistas com olhos preconceituosos”, frisou.

Silva fez a entrega de uma placa comemorativa à presidente do Clube Águias do Agreste, Hironice Barreto, e à presidente do Clube No Stress M.C., Lígia Constantino. “Hoje é um dia histórico para o motociclismo pernambucano. Estar no Palácio Joaquim Nabuco a convite dos nossos ilustres deputados é uma grande satisfação para a categoria”, agradeceu Lígia.

Fonte: Alepe

Foto: Jacqueline Calazans