APÁTICO. EU?

APÁTICO. EU?

A apatia é um estado emocional que pode afetar tanto o nosso corpo quanto a nossa alma. Ela é caracterizada pela falta de motivação diante das dificuldades.

          Uma das principais características de quem está nos primórdios da fé é a motivação em fazer planos e traçar metas para construção de testemunhos. Assim, além de adquirir novas experiências com Deus, o potencial de sucesso e aprendizado é intensificado.

          Com o tempo, muitos convertidos se tornam apáticos espiritualmente, pois, devido o tempo ou a “derrotas” contínuas, não têm mais disposição para lutar pela vontade de Deus em suas vidas. Acabam deixando de lado o foco da construção de testemunhos.

          Se você percebe que tem se tornado apático espiritualmente, seguem algumas dicas para que você vença esse estado espiritual:

  • Reforce dentro de você a convicção de que em parceria com Deus é possível reverter situações, criar novas possibilidades e adquirir novas inspirações. Para isso inicie um projeto, trace metas através de um propósito de fé em um dia específico. Vá em busca de novas visões ou de desenvolver novos talentos. Abra mão da preocupação, dê lugar à fé.
  • Analise-se e descubra se um propósito adiado, uma resposta contrária ou o tempo mudou sua crença, roubou sua autoconfiança e você acabou se convencendo de que existem sonhos impossíveis de serem alcançados. Lembre-se de que para Deus não há impossíveis em todas as Suas promessas.
  • Separe um tempo para ouvir os amigos e familiares que se preocupam com você. Ouça-os, independentemente se colocará em prática os conselhos deles ou não. Observe se eles percebem que você está desmotivado, se os conselhos giram em torno de motivação. Talvez um aconselhamento pessoal com um obreiro ou pastor pode te ajudar a sair da condição de inércia e quanto a mudanças de atitudes e no agir a fé.
  • Examine se tem vivido isolado das pessoas, se prefere passar o tempo consigo mesmo evitando o contato com elas. Passar a maior parte do tempo apenas com os próprios pensamentos faz de você uma pessoa limitada e te impede de perceber como está sua vida e o seu mundo. Procure passar mais tempo com seus familiares, amigos de fé e especialmente com Deus; não se isole. Tenha equilíbrio para não estar rodeado de pessoas, mas confinado em seus próprios pensamentos. Busque companhia de pessoas que acrescentarão em sua vida e te motivarão a agir a fé e ir em busca de seus sonhos. Não se limite em apenas falar com Deus, ouça-O através da leitura e meditação de Sua Palavra.

Gislene Xavier.

Obreiros Universal

Deixe seu comentário