Consciência ambiental

Pesquisas revelam que a produção de lixo no Brasil cresceu seis vezes mais que o crescimento da população. A Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais revelou que o brasileiro produziu em média 378 quilos de resíduos em 2010, contra os 359 quilos em 2009. Estamos produzindo lixo cada vez mais.
A questão da reciclagem, apesar de ter avançado, não está acompanhando essa velocidade e esse é um problema que ocorre em todo o País. O lixo, muita vezes, não tem destinação adequada em aterros sanitários e acabam parando nos lixões. Na Holanda, um dos países que mais reciclam lixo no mundo, o reaproveitamento chega a mais da metade do que é recolhido, enquanto no Brasil não passa de 13%. Os holandeses são ensinados desde cedo a evitar o desperdício; pouca parte do lixo que produzem vai para os aterros sanitários, um dos maiores problemas do Brasil.
Acredito que políticas públicas, campanhas de educação ambiental e acesso fácil ao serviço de coleta seletiva podem amenizar o problema, mas de nada adianta se a sociedade não fizer a sua parte, contribuindo com pequenos gestos, como, por exemplo, não jogar lixo nas ruas. Ter consciência ambiental é fundamental nesse processo.

Deixe seu comentário