Ossesio Silva quer mais segurança para compras feitas pela internet

Ossesio Silva quer mais segurança para compras feitas pela internet

Brasília (DF) – A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei nº 5726/2019, de autoria do deputado federal Ossesio Silva (Republicanos-PE), que prevê a atualização dos artigos 33 e 49 do Código de Defesa do Consumidor (CDC) com o objetivo de resguardar os direitos do consumidor nas compras virtuais.

Pelo texto, em caso de oferta ou venda de produtos fora do estabelecimento comercial, por telefone, internet ou reembolso postal, deve constar o nome do fabricante e endereço na embalagem, publicidade e em todos os impressos utilizados na transação comercial. Além disso, o consumidor poderá desistir do contrato, no prazo de sete dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços.

Ossesio Silva destacou que compras pela internet tornou-se um habito comum para vários consumidores devido a comodidade e praticidade. No entanto, segundo ele, ainda é preciso resguardar o consumidor da prática de possíveis golpes. “Essa mudança beneficia diretamente os adeptos a compra por esse canal. Com o crescimento e avanço do comercio eletrônico, é indispensável à atualização da legislação para que tenhamos a previsão expressa de proteção a esses compradores”, defendeu o republicano.

Texto e foto: Eulla Carvalho /  Ascom – deputado federal Ossesio Silva

Deixe seu comentário