Copo de água fria

Copo de água fria

Quando pensamos na eternidade, podemos imaginar que Deus tem reservado aos salvos somente o direito de habitar no céu com Ele. Isso por si só já seria maravilhoso demais, mas o Altíssimo tem preparado muito mais que a vida eterna (1 Coríntios 2.9). Está reservado a cada justo, uma recompensa celestial tão gloriosa que chega a ser inimaginável. Para determiná-la, o Senhor usará o critério de como Seus filhos O serviram durante sua jornada cristã.

Baseado no caráter Divino que é justo e fiel, nenhuma obra, por menor que seja, passará despercebida aos Seus olhos. Para provar isso, o Senhor Jesus disse que até mesmo o ato aparentemente insignificante de dar um copo de água fria a um pequenino gerará retribuição na eternidade (Mateus 10.42).

Veja que não é difícil ter recompensa para com Deus, pois Seus olhos estão fixos nos Seus servos para que nenhuma das suas ações se percam, mas sejam devidamente arroladas, para que assim eles alcancem a compensação no céu.

Isso nos alegra porque, mesmo que o servo possa se sentir desprezado neste mundo, por ter seu trabalho considerado pequeno e aparentemente sem valor, no Reino de Deus ele tem elevado prêmio. Esta não é a única vez que as Escrituras falam de galardão, mas em todo Texto Sagrado ele é mencionado a fim de nos encorajar no serviço a Deus. Tais Palavras nos animam, pois nos fazem entender a Quem de fato temos servido.

Enquanto o Senhor Jesus observava as pessoas lançarem suas ofertas no gazofilácio (Lucas 21.1-4), destacou a atitude da viúva pobre que ofereceu duas pequenas moedas que, em contraste com as grandes somas de dinheiro dada pelos ricos, parecia insignificante. Isso aos olhos humanos, mas não aos olhos de Deus!

O Justo Senhor, que conhece as intenções do coração dos Seus servos, sabia muito bem o quão sacrificante foi para aquela mulher abrir mão do seu sustento para oferecê-lo como oferta no Altar. Por isso, fez questão de honrá-la diante dos Seus discípulos, para que o seu gesto de fé ficasse registrado para sempre, e servisse de exemplo para todas as gerações até chegar aos nossos dias.

Todo esforço em levar uma alma à Salvação, ou mesmo uma simples demonstração de amor e zelo para com a obra do Altíssimo, tem um valor inestimável! A preciosa recompensa do justo está devidamente guardada com o Senhor Jesus para lhe ser entregue na eternidade (Apocalipse 22.12).

Fonte: Bispo Macedo

Deixe seu comentário