Agora é Lei – Proposta do deputado Ossesio combate o racismo nos estádios de futebol de Pernambuco

Agora é Lei – Proposta do deputado Ossesio combate o racismo nos estádios de futebol de Pernambuco

A Lei  de Nº 15.776/2016, de autoria do deputado Ossesio Silva, obriga a instalação de placas com frases contra o racismo em todos os estádios de futebol de Pernambuco. De acordo com a Lei, os responsáveis legais pelos estádios tem que instalarem no mínimo três placas com a frase “DIGA NÃO AO RACISMO” na entrada, ao lado do placar, no painel eletrônico e na lateral do gramado. As placas precisam ter tamanho proporcional à extensão do campo, para que possa ser lida pelos torcedores.

“Só em 2014, o Brasil assistiu a quatro casos que chocaram os desportistas. Os meias Tingas, do Cruzeiro, e Arouca, do Santos, foram chamados de macaco em jogos pela Libertadores, no Peru, e em Mogi das Cruzes (SP), pelo Paulistão. O árbitro gaúcho Márcio Chagas da Silva encontrou bananas colocadas em cima do seu carro por torcedores que não gostaram da sua arbitragem no Estadual do Rio Grande do Sul.  O zagueiro Paulão, do internacional, que ouviu insultos racistas de um torcedor gremista na Arena Grêmio em Porto Alegre”, afirmou Ossesio na justificativa do projeto.

Os responsáveis legais pelos estádios, que descumprir a legislação terão de pagar uma multa que varia entre R$ 500 e R$ 5 mil.

Texto: Thiago Gouveia

Foto: Alepe

 

Deixe seu comentário